Bois de Boulogne

Bois de Boulogne

O Bois de Boulogne (Bosque de Boulogne) é um enorme parque que oferece mais de trinta e cinco quilômetros de trilhas, um autêntico paraíso para todos aqueles que queiram desfrutar da natureza.

História do Bois de Boulogne

A região estava ocupada pelo antigo bosque de Rouvray há centenas de anos. As terras foram convertidas em reserva real de caça, e posteriormente Isabel da França fundou uma abadia.

No transcurso da Guerra dos Cem Anos, o bosque funcionou como esconderijo para muitos foragidos, até que em 1417 foi destruído em um incêndio intencional.

Na segunda metade do século XV, Luís XI repovoou o bosque, o fechou e colocou várias portas.

Em 1852, Napoleão III ordenou a construção do parque, que foi dotado de grandes espaços de grama e todo tipo de plantas.

Um lugar para se perder

Com uma superfície de 846 hectares, o Bois de Boulogne possui um tamanho muito superior ao do Central Park de Nova York ou ao do Hyde Park em Londres.

O parque conta com uma extensa e variada vegetação formada em sua grande maioria por cedros, que cobrem mais da metade do bosque. Existem dois extensos lagos situados a diferentes níveis e que estão unidos por uma cascata.

No norte do parque está o Jardin d’Acclimatation, uma zona muito recomendável para visitar com crianças, já que se trata de um parque de diversões e uma reserva de animais.

Recomendamos a visita ao parque apenas àqueles que tenham bastante tempo na cidade, já que são necessárias várias horas para ver uma pequena parte.

Transporte

Metrô: Porte-Dauphine, linha 2; Porte-d'Auteuil, linha 10; Porte Maillot, linha 1.
RER: Porte-Maillot, Avenue Foch, linha C.

Lugares próximos

Museu Marmottan Monet (1.3 km)
Museu Guimet (3.2 km)
Torre Eiffel (3.3 km)
Museu du Quai Branly (3.4 km)
La Défense (3.5 km)