Panteão de Paris

O Panteão de Paris foi o primeiro monumento de importância da capital francesa. Sua construção é anterior à de monumentos como a Torre Eiffel.

Contruído entre 1764 e 1790, o Panteão de Paris foi o primeiro lugar de onde se podia ver Paris do alto. Está localizado no Quartier Latin e muito perto dos Jardins de Luxemburgo

A construção do Panteão foi dirigida no início por Jacques-Germani Soufflot e ao finalizar por Jean Baptiste Rondelet. O Panteão foi criado com a intenção de combinar a simplicidade da arquitetura gótica com a majestade da arquitetura grega.

O Panteão na história

Ao longo da sua história, o Panteão de Paris teve diferentes funções: no século XIX serviu tanto para fins religiosos como patrióticos, dependendo do regime político.

Sob a Terceira República e coincidindo com o funeral de Victor Hugo, o Panteão se converteu em um edifício destinado a abrigar os corpos dos homens ilustres. 

Visitando o Panteão

Poderíamos dividir a visita ao Panteão em duas partes: o interior do edifício, onde impressiona ver o seu tamanho e decoração; e por outro lado a cripta, onde atualmente estão as tumbas de pessoas tão famosas como Voltaire, Rousseau, Victor Hugo, Marie Curie, Louis Braille, Jean Monnet ou Alexandre Dumas. 

Muito interessante

O Panteão é um desses lugares que você não pode perder ao visitar Paris. Tanto a sua arquitetura exterior como a grandeza do seu interior valem muito a pena. 

Horário

De 1º de abril a 30 de setembro: das 10:00 às 18:00 horas.
De 1º de outubro a 31 de março: das 10: 00 às 18:30 horas.
Fechado: 1º de janeiro, 1º de maio e 25 de dezembro.

Preço

Adultos: 9€.
Menores de 18 anos: entrada gratuita.
Cidadãos entre 18 e 25 anos: 7€.
Entrada gratuita com Paris Pass e Paris Museum Pass.

Transporte

Metrô: Cardinal Lemoine, linha 10.
RER: Luxembourg, linha B.
Ônibus: linhas 21, 27, 38, 82, 84, 85 e 89.

Lugares próximos

Museu Cluny (484 m)
Jardins de Luxemburgo (659 m)
Quartier Latin de Paris (763 m)
Catedral de Notre Dame (802 m)
Île Saint-Louis (987 m)