Museu Marmottan Monet

Museu Marmottan Monet

Localizado em uma antiga mansão, o Museu Marmottan Monet possui uma das coleções de arte impressionista mais completas do mundo, com destaque para as obras de Monet.  

O início do museu

Em 1882, Jules Marmottan adquiriu o pavilhão de caça do Duque de Valmy. Depois da sua morte, seu filho decidiu reformar o edifício para instalar nele sua coleção de arte do Primeiro Império Francês, que posteriormente doaria à Academia de Belas Artes Francesa.

Diversas doações privadas completaram a coleção com obras de grandes mestres impressionistas, especialmente as obras de Monet que foram doadas pelo seu filho.

Exposições

A mansão, decorada com móveis do Estilo Imperial e elementos decorativos da época napoleônica, contém a maior coleção de obras de Claude Monet que existe no mundo, formada por 66 obras. Além das obras de Monet, o museu também expõe criações de outros pintores impressionistas como Manet, Pissarro, Renoir, Rodin, Sisley ou Berthe Morisot.

Provavelmente um dos ambientes mais curiosos do museu é a Sala Wildenstein, onde se pode completar na penumbra um conjunto de manuscritos e textos criados entre os séculos XIII e XVI.

Para os apaixonados por arte impressionista

Sem desmerecer a coleção do Museu Marmottan Monet, acreditamos que é uma visita muito cara e longe para o que oferece. Em Paris é possível desfrutar de outros museus muito mais interessantes e acessíveis, por isso só recomendamos aos amantes do artista.

Horário

De terça a domingo: das 10:00 às 18:00 horas (às quintas até as 20 horas).

Preço

Adultos: 11,50€.
Estudantes menores de 26 anos: 7€.
Menores de 8 anos: entrada gratuita.

Transporte

Metrô: La Muette, linha 9.
RER: Boulainvilliers, linha C.
Ônibus: Linhas 22, 32, 52 e 63.

Lugares próximos

Bois de Boulogne (1.3 km)
Torre Eiffel (2 km)
Museu Guimet (2 km)
Museu du Quai Branly (2.2 km)
Museu de Arte Moderna de Paris (2.3 km)