Conciergerie

Construído como residência real e sede do poder da monarquia francesa, em 1392 o edifício da Conciergerie foi transformado em uma das prisões mais duras da época.

A palavra “conciergerie”, que em francês designa a residência do zelador, foi o nome que acabou recebendo a prisão que esse vigilava. 

Passeando pela Conciergerie

Durante o percurso através da Conciergerie é possível ver uma pequena reconstrução das cadeias revolucionárias, nas quais se pode ver as diferentes condições em que viviam as pessoas pobres, que dormiam no chão, e as mais abastadas, que possuíam cama, móveis e inclusive alguns serviçais.

Existe uma reconstrução muito detalhada da cela onde esteve recluída Maria Antonieta depois de uma tentativa de fuga, o que fez com os guardas passassem a ficar na própria cela.

Durante os anos em que a Conciergerie funcionou como instituição carcerária foram executados mais de 2.700 presos, entre os quais estavam alguns personagens célebres.

Sabor agridoce

Se você puder fazer a visita de forma gratuita, entre para conhecer as terríveis condições em que viveram milhares de pessoas antes de serem executadas na Praça Concorde, mas não vale a pena pagar pela visita. 

Horário

Todos os dias: das 9:20 às 18:00 horas.

Preço

Adultos: 8,50€.
Menores de 18 anos: entrada gratuita.
Cidadãos da UE entre 18 e 25 anos: entrada gratuita.
Entrada gratuita com Paris Pass e Paris Museum Pass.

Transporte

Metrô: Cité, linha 4.
Ônibus: linhas 21, 24, 27, 38, 58, 81 e 85.

Lugares próximos

Île de la Cité (97 m)
Sainte Chapelle (137 m)
Quartier Latin de Paris (342 m)
Catedral de Notre Dame (453 m)
Museu Cluny (655 m)